PROCURANDO DORY

trailer

Procurando Dory não só continua essa tradição, como dá um passo à frente e trata de um assunto megacomplexo: transtornos mentais.
 
O filme mostra Dory, a peixinha coadjuvante em Procurando Nemo, tentando entender um pouco sobre seu passado, e indo atrás de seus pais. A personagem ganha status de protagonista, e sua falta de memória - que foi combustível para diversas piadinhas no primeiro filme - começa uma roupagem mais séria. É aí que entra a grande sacada da continuação: a gente já sabe que um peixinho com deficiência física consegue atravessar o mundo e fugir de um aquário, mas e se o problema dele fosse cognitivo? Quais são os limites que esse tipo de doença pode trazer? A Pixar encara de frente que a dificuldade de memorização é um problema complexo, que afeta milhões de pessoas. E que, se Dory fosse alguém de carne e osso, ela enfrentaria algumas dezenas de dificuldades todo santo dia.

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!